ADÉLIO BISPO DIZ QUE PRISÃO ONDE ESTÁ É LUGAR SATÂNICO

Autor de atentado a Bolsonaro diz que Penitenciária Federal é ‘lugar satânico’, revela colunista






De acordo com informações do colunista Josmar Jozino, do UOL, o homem pediu ao juiz-corregedor da 5ª Vara Federal de Campo Grande, Dalton Igor Kita Conrado, transferência para o sistema prisional de Minas Gerais

Adélio Bispo de Oliveira segue preso na Penitenciária Federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O homem que esfaqueou então candidato à Presidência Jair Bolsonaro, em 2018, pede a transferência do local, pois diz ser um “lugar satânico”.

De acordo com informações do colunista Josmar Jozino, do UOL, o homem pediu ao juiz-corregedor da 5ª Vara Federal de Campo Grande, Dalton Igor Kita Conrado, transferência para o sistema prisional de Minas Gerais, de preferência para uma unidade de Montes Claros.

Em uma carta escrita no mês de agosto de 2019, Adélio diz que o “prédio foi projetado maçonicamente para adoração ao diabo” e o local seria “maçônico satanismo”. Além desse, outros pedidos também foram feitos pela defesa de Adélio, mas todos negados pela Justiça Federal.

O colunista ainda afirma que Adélio sofre hostilidades e agressões por parte dos funcionários da penitenciária mas é visto como herói por integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

No local desde setembro de 2018, o autor da facada em Bolsonaro é portador de transtorno delirante persistente, e foi considerado inimputável em junho de 2019.

Por medida de segurança, o homem fica no presídio por tempo indeterminado, ou enquanto não for verificada sua cessão de periculosidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CASO BEATRIZ: O DEPUTADO ESTADUAL VAI PEDIR UMA CPI PARA INVESTIGAR OS FATOS VERDADEIROS DO ASSASSINATO DA MENINA

Deputado estadual Romero Albuquerque pedirá, na volta aos trabalhos na Alepe, abertura de CPI sobre o Caso Beatriz Fonte: JC  O deputado est...