PREFEITURA NÃO É CABIDE DE EMPREGO É GESTÃO COM EXPERIÊNCIA

Política: o futuro de Cabrobó está sendo redesenhado. O progresso pode esta de malas pronta para Cabrobó.




 

A cidade de Cabrobó vem ao longo dos últimos 16 anos sofrendo com a inércia do poder público. A falta de recurso para fazer uma administração com êxito orçamentário caiu na gestão de Marcílio Cavalcante, que não conseguiu enxugar a máquina pública, passando por várias dificuldades. Uma delas foi na área da educação. Ele não teve em sua gestão nada que seja proveitoso aos olhos do professorado. Mas mesmo sendo péssimo na educação, ainda assim foi melhor do que o seu antecessor que só pagava 300 reais aos mine contratos. Além da pasta da educação, Marcílio não conseguiu nada na agricultura,( estradas esburacadas) infra estrutura,(cidade cheia de lixo buracos e matos) saúde (falta de médicos no hospita e postinhos abandonados )e demais secretarias. Há quem diga que essa situação foi causada pelo impacto da crise que o país atravessa. Mas e para os ex prefeitos que tiveram o maior ISS da história de Cabrobó? Qual será o motivo de não terem conseguido fazer uma gestão bem administrada ? O ex prefeito que governou de 2008 a 20012 pegou o começo da transposição, a instalação de várias empresas que tanto gerou empregos na cidade como também foi responsável pelo aquecimento na área da construção civil e aluguéis, mercados e demais. Em seguida veio o governo de 2012 a 2016 que pegou dois anos de recurso gerado da transposição. Segundo comentários, nesses dois anos de de 2012 a 2014 entrou tanto dinheiro na prefeitura que era comparado a toda gestão de 2008 a 2012. Mas mesmo com tanto dinheiro com a mídia nacional voltada para Cabrobó, nem um dos gestores se preocuparam em usar todo o espaço  midiático para atrair investidores para a cidade de Cabrobó. "Eles não se preocuparam com o futuro de Cabrobó, achando que isso seria para sempre. Deixaram a agricultura falida e nunca tiveram o pensamento de atrair fábricas, indústrias e redes de distribuidoras para a cidade, deixando a cidade na mesmice de seus antecessores e levando Cabrobó a um patamar de inchamento e não de crescimento disse um morador de Cabrobó que foi embora em busca de um emprego.  O próximo prefeito tem o dever de criar uma pasta voltada ao progresso, de ir atrás de empresas para se instalarem em Cabrobó para desafogar a prefeitura que hoje é usada como cabide de emprego e sussessão política já pensando nas próximas eleições". Queremos desejar ao prefeito eleito sussesso e que o Deus que deu sabedoria a Salomão para governar seu povo possa dar-lhe esse dom a sua pessoa para que ele possa governar com eqüidade e justiça a nossa cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ILÁRIO : PERNAMBUCO RECEBE MAIS AÇÕES DO GOVERNO EM TRÊS MESES DO QUÊ EM TODO O GOVERNO PAULO CÂMARA

Parece piada de comédiante. Mas Pernambuco recebe mas obras nesse últimos três meses do quê nos últimos seis anos e meio de Paulo Câmara   O...