CABROBÓ: A HEGEMONIA POLÍTICA É DESMANCHADA APÓS 40 ANOS DE EXISTÊNCIA

Após 40 anos familia Calda fica literalmente fora da política cabroboense .

Neste domingo, dia 15 de novembro onde se é comemorado a Proclamação da República, Cabrobó veio as urnas com vontade de mudar a história, e quebrar tradição  na política. Um grupo tradicional com uma forte liderança que sempre foi ativo na política cabroboense pelo menos nos últimos quarenta anos. A família Caldas que sempre esteve imbuída em campanhas e foi protagonista na maioria das vitórias eleitorais promovidas no município, dessa vez sofreu um grande abalo e  ficou de fora literalmente, excluídos pelo eleitorado no pleito 2020.  É que todos os envolvidos tanto de um lado como  de outro, não obtiveram êxito em sua campanha.

"A população disse um sonoro NÃO, para o velho modelo político nas urnas , Cabrobó tem pela primeira vez a chance de  fazer uma nova história. Recusar esse Família, é mostrar que a nossa cidade quer mudança. Saímos  da hegemonia política. Esperamos que o candidato eleito faça uma boa administração" essa é a fala que se ouvi nas redes sociais . A família Caldas tinha pelo menos  cinco envolvidos de forma direta e indireta: Edgar Caldas era candidato a vice-prefeito na majoritária do PSB, com o seu irmão Eudes Caldas na coordenação da  Campanha, além de seus respectivos filhos o vereador Duda Caldas e o atual vice-prefeito Pedro Caldas e seu Irmão Edmilson Caldas, Todos perderam e ressaltando a inexpressiva votação dos que concorreram por uma cadeira na Câmara Legislativa, não conseguiram mandatos deixando a família Caldas sem representantes na politica de Cabrobó. Esse episódio nunca aconteceu a pelo menos nos últimos quarenta anos. Quero aqui deixar o meu abraço a Duda Caldas amigo admirável que não conseguiu se reeleger . Mas teve sua forte atuação no poder legislativo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PT PERDE COMPLETAMENTE ESPAÇO EM TODAS AS CAPITAIS DO BRASIL E JÁ É UMA AMEAÇA DE INSISTÊNCIA DA SIGLA

  Derrota amarga! PT fica sem nenhuma capital pela 1ª vez  Duro golpe escancara perda de relevância do partido (PT) na política brasileira, ...