FAMÍLIAS SE SENTEM INJUSTIÇADAS POR PERDEREM SEU MAIOR PATRIMÔNIO (CASA) NA GESTÃO DO EX PREFEITO AURICELIO TORRES

 "Eu acreditei nele e ele tirou de mim o único bem que eu tinha e nunca idenizou", disse dona de casa derrubada por ex prefeito Auricélio Torres. 

Duas famílias tiveram que se adaptar a um drama que já vem a mais de sete  anos. Na gestão do ex prefeito Auricélio Torres, segundo a dona de casa, Maria do Socorro Nacimento, ela e outra senhora por nome Maria Genilda da Silva de Jesus estavam  em suas casas quando receberam a visita de um homem bem trajado se identificando como secretário do ex prefeito Auricélio Torres e que a sua casa teria sido construída em local indevido, e teria que ser demolida para construção de  uma praça. Usando o argumento de que suas casas seriam indenizadas e que de forma alguma elas ficariam no prejuízo. Mas não foi assim. Dona Maria do Socorro disse que até o dia de hoje espera que sua casa seja construída. "Eu nunca recebi minha casa", disse ela. "Eles foram covardes, desumanos e sem piedade. Tomaram minha casa e não quiseram nem se quer saber onde iríamos morar. Eu só peço a Deus que eles nunca passem as noites que passamos sem um teto para reclinar a cabeça. Espero que a justiça divina tome providências porque a da terra falhou comigo. Quem eu votei para me ajudar fez foi tomar o que eu tinha de mais precioso", concluiu dona Maria do Socorro . "Essa é uma das inúmeras queixas que o povo cabroboense tem do Dr que foi prefeito e quer voltar", disse Paulo Preto. "Esse homem tomou desse povo a esperança de viver no que é seu e mesmo em dias de velhice ele não se comoveu", concluiu a sua fala, essa família está prestes a ser despejada e não sabe ao certo onde irá morar. A prefeitura reconhece a situação e está dando uma indenização de R$ 200.00 (duzentos reais)para pagar o aluguel de uma família e a outra não recebe nada.  Mas segundo eles não estão encontrando casas nesse valor e não sabem mais a quem recorrer. Pedimos as autoridades competentes que venham solucionar essa situação. Não é justo que essa família seja constrangida a ponto de ser tirado seus direitos constitucionais e ainda mais por quem deveria zelar.

Em tom de indignação, Genivaldo diz perder família por ser tirado de dentro de sua casa sob ameaça de demolição por cima de seus  familiares.  

O senhor Genival Antônio disse a nossa redação que por muitas vezes foi ameaçado de ser tirado a força de dentro de sua casa para demolirem e em algumas vezes até foi citado de passar a máquina por cima com eles dentro. Segundo ele,  a sua esposa não aguentou a pressão psicológica do Secretário Paulo Teógenes que dizia em auto e bom som: "saiam ou passaremos por cima"... ele diz que essa frase ecoa  até hoje e  marca em suas lembranças.  A esposa de Val foi embora por não suportar tamanha pressão e até hoje não voltou mais para seu lar, deixando seu esposo e filha. É lamentável em pleno século 21 ainda existir pessoas que usam do seus respectivos cargos para maltratar  pessoas humildes e destruir o bem maior que é a família. Repudiamos tal covardia e pedimos as autoridades competentes que se atenuem aos fatos e tomem as providências cabíveis inclusive a de um advogado para que essa família receba de volta o que é seu por direito legal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PT PERDE COMPLETAMENTE ESPAÇO EM TODAS AS CAPITAIS DO BRASIL E JÁ É UMA AMEAÇA DE INSISTÊNCIA DA SIGLA

  Derrota amarga! PT fica sem nenhuma capital pela 1ª vez  Duro golpe escancara perda de relevância do partido (PT) na política brasileira, ...