COMERCIANTES DE CABROBÓ SENTEM A INÉRCIA DO MUNICÍPIO NA PANDEMIA

Comerciantes sentem na pele a inércia do poder executivo e vivem como clandestinos em seus próprios estabelecimentos abrindo às escondidas para não serem penalizados por aqueles que deveriam estimula-los.




A pandemia tem trazido grandes transtornos a população de modo geral. Veja que o medo tomou conta dos corações. As pessoa vivem uma vida de prisioneiro em seus próprios lares. As informações são desencontradas e não sabemos o que é verdade ou mentira. Mas uma coisa é certa: a pequena Cabrobó não precisa da rigidez do execultivo municipal e muito menos da mão de ferro do estado para combater a Covid-19. Aqui nós estamos vendo de tudo: é comerciantes tendo que viver no âmbito da clandestinidade por não poder abrir seus comércios; é abrindo meia porta, olha se não tem fiscal e joga pra dentro e fecha novamente; Bancos super lotados e sem conseguir controlar as aglomerações e onde deveria ser fiscalizado não está tendo. Os comerciantes tem sentido na pele a distância do poder executivo que é o único que pode baixar um decreto municipal para abrir o comércio de forma moderada e com cautela para que os nossos comerciantes não tenham que fechar suas lojas e os chamados "ganha pão". Podemos perceber que não está tão radical assim porque em todas as cidades circunvizinhas existe barreiras sanitárias mas em Cabrobó não tem, gerando o contraditório porque não existe uma prevenção com eficácia no combate ao covid-19  e em contra partida prorroga decretos como se Cabrobó fosse uma cidade metropolitana da capital onde é o epicentro da pandemia . Até o fechamento dessa matéria a barreira que impede a demanda de entrada de pessoas de fora com suspeitas ou que possa contaminar a população continua sendo questionada por toda população e os responsáveis pela saúde não informa ao povo o motivo de não esta sendo feita .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PT PERDE COMPLETAMENTE ESPAÇO EM TODAS AS CAPITAIS DO BRASIL E JÁ É UMA AMEAÇA DE INSISTÊNCIA DA SIGLA

  Derrota amarga! PT fica sem nenhuma capital pela 1ª vez  Duro golpe escancara perda de relevância do partido (PT) na política brasileira, ...