ANA NEIDE UM AMOR DE CABROBOENSE . COLUNA DO RAFAEL BRITO

E na coluna de hoje não podíamos deixar de prestar essa homenagem a essa nossa amiga guerreira.

          Por Rafael Brito 
  UM AMOR CABROBOENSE
Uma guerreira que lutou até os últimos minutos.

Ananeide Maria de Souza, filha de Maria Lourenço de Souza, nascida em 05 de Junho de 1960, natural de Cabrobó; infelizmente no dia 15 de Maio a nossa cidade amanheceu triste, pois perdemos uma grande personalidade; uma pessoa bastante humilde que teve uma vida muito rica, rodeada de vários amigos verdadeiros que estiveram ao seu lado nos momentos felizes, como podemos ver através das fotos, em festas, aniversários.
Uma figura importante; uma festa sem Ananeide não tinha graça. Ela era uma pessoa que gostava do mais humilde ao mais rico. Tinha a amizade de todas as camadas da sociedade, amada por todos e que vai deixar muita falta. QUEM NÃO CONHECIA ANANEIDE EM CABROBÓ? Carinhosamente chamada por Neném, Nega, ou Sandra de Sá. O que a gente não esquece é da sua gargalhada contagiante, seu sorriso cativante. As vezes ela se dizia "chata" mas mesmo se achando chata era uma pessoa amiga, humana, engraçada, extrovertida, agradável. Um verdadeiro ALTO ASTRAL. Um ser que soube conservar seus amigos do início até o final da sua vida. As crianças a adorava, mesmo as vezes faltando a paciência, eles sabiam que tudo era brincadeira.
Mesmo doente ela enfrentou com dignidade, consciente da gravidade do seu estado de saúde.
Uma das suas paixões era Cabrobó sua cidade natal, tinha tanto amor que por onde ela ia fazia questão em dizer que era CABROBOENSE com orgulho.
As festas tradicionais da nossa Cabrobó perderam muito do seu brilho, do seu encanto: NOITE DA SAUDADE, ENCONTRO DOS AMIGOS DE CABROBÓ, A FESTA DO SOLAR DOS ARCANJOS, FESTIVAL DA CERVEJA.
Sua marca principal era seu famoso bordão: AMIGA CHIQUE QUAIS SÃO OS BABADOS" Sua vida pode ser descrita através da bela canção do eterno aprendiz Gonzaguinha O QUE É O QUE É!

Eu fico com a pureza das respostas das crianças
É a vida, é bonita e é bonita
Viver e não ter a vergonha de ser feliz
Cantar (e cantar e cantar) a beleza de ser um eterno aprendiz
Ah meu Deus!, Eu sei, eu sei que a vida devia ser bem melhor e será
Mas isso não impede que eu repita
É bonita, é bonita e é bonita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PT PERDE COMPLETAMENTE ESPAÇO EM TODAS AS CAPITAIS DO BRASIL E JÁ É UMA AMEAÇA DE INSISTÊNCIA DA SIGLA

  Derrota amarga! PT fica sem nenhuma capital pela 1ª vez  Duro golpe escancara perda de relevância do partido (PT) na política brasileira, ...